quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Cinquenta Tons de Liberdade

Demorei mais do que eu gostaria, pra vir contar pra vocês minhas impressões sobre o último livro da trilogia Cinquenta Tons, o Cinquenta Tons de Liberdade, mas espero que ainda esteja em tempo! Culpa da internet inexistente na praia, durante as férias, mas deixa isso pra lá!
Pra ser bem honesta com vocês, tô com uma preguiça absurda de escrever esse post, mas como já tinha feito anteriormente as resenhas de 50Tons de Cinza e 50Tons mais Escuros,  pegaria mal não encerrar a trilogia. A questão é que quem leu minhas opiniões anteriores (clica nos links acima, se não leu ainda) viu toda minha decepção com o 1º, apesar do amor pelo Grey e viu também meu entusiasmo com o 2º e a superação do enredo de um livro pra outro, só que pra minha triste surpresa, e eu definitivamente, não vou fazer spoiler aqui, mesmo com tudo que a gente já imaginava que iria acontecer e como os dois terminariam, a história inteira não tem nada emocionante. Dessa vez, bem diferente do 50TME, não me despertou o mínimo interesse e nem o mínimo de envolvimento. Completar o livro foi quase uma "obrigação", e olhem que eu não tenho o menor problema em abandonar a leitura de um livro que considere muito ruim. Isso, inclusive, é assunto pra um post futuro!
Faltou assunto pra EL James, ela não acertou costurar bem o enredo, e apesar de não esperar uma linguagem melhor, já que não rolou nos dois primeiros livros, bem francamente, a maior impressão que eu tive, falando bem grosseiramente é de que a autora "comeu cocô!"
Sem exagero, o livro é ruim! Não houve superação e o que o manteve na lista de mais vendido foi sem dúvida a quebra de tabus na leitura de um conteúdo adulto se tornar tão popular e o marketing pesado feito em torno dele. 
Num todo, foi uma leitura inconsistente e incoerente em muitas passagens e com algumas tramas muito mal resolvidas, e o que certamente seria o mais difícil de se resolver tratando-se da personalidade do Christian Grey, a Anastasia Ninja Steele tirou de letra e resolveu como num passe de mágica. Todo mundo aguardava a transformação do Grey, mas não através do pozinho de pirlimpimpim, transportando-o, pra uma vida perfeita, na velocidade da luz!
Eu esperava muito mais e agora é aguardar pelo filme!
Quem leu, me conte suas observações, me diga nos comentários o que achou!
Beijos! ;***

4 comentários:

  1. Se eu ainda tinha um pingo de esperança sobre esse livro, ele morreu agora. Ouvi de várias amigas que o último livro era um (se me permite) cocô. E agora a crítica de um blog.. É. Comecei a ler as 5 primeiras páginas e me deu desânimo. Achei que era cansaço, mas não, é ruim mesmo. Agora eu quero é ver o que eles farão com o último filme da trilogia (sei que está longe, mas né). De qualquer forma, você divulgou o blog em um grupo no facebook e caí aqui! Adorei e já estou seguindo.

    Beijinhos!
    Thaís Mendes
    http://rockssip.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa matar sua esperança Thaís hahahaha mas fui o mais sincera q pude!
      Acho que vão fazer um filme só c a trilogia toda e se em três livros foi esse samba do crioulo doido, imagina o desespero do roteirista. Tenho dó só de pensar, mas continuo firme e forte na curiosidade.
      kkkkkkkkkkkkkkkkk
      Bjão e adorei que você tenha gostado! Seja bem vinda!

      Excluir
  2. Só li os dois primeiros e um dia ainda leio o 3º só para terminar a trilogia mesmo!Comecei a ler o terceiro, mas não me animou nadinha, dai parei e não consegui voltar. O segundo foi o melhor´!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida, o segundo foi mesmo o melhor! Obrigada por sua visita!
      Bjs!

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails