sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Sexta Poética!

O AMAR É UMA FESTA 
(tradotto del mio testo L'AMARE È UNA FESTA)

[...] 

Amar é um estado de gratidão diante de um Keter inatingível, é um estado de bênção continuada diante do Eterno. Um estado de vigor, de cântico, de ternura – estado de vida! 

... 
Amar duas vezes em dois mundos é um estado de renascimento! Amar duas vezes em dois mundos a mesma mulher é um estado de comunhão do homem-poeta – que ama uma mulher, que ama em dois mundos, que ama em dois mundos a mesma mulher. 


Porque há mulheres, cujo rosto ilumina! São mulheres que se reconhecem no tempo de um instante, que permanecem para sempre. São mulheres que enfraquecem querubins... 
[...] 

Pietro Nardella-Dellova, in trecho do livro A MORTE DO POETA NOS PENHASCOS E OUTROS MONÓLOGOS, Ed. Scortecci, 2009, 312 p.. aquisição pela Livraria Cultura) 

2 comentários:

  1. Querida,
    Que poema lindo;)
    Não conhecia o livro, muito bom;)

    Beijinhos Grandes
    Boa segunda;)

    http://pinkstarnailsanastacia.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Uaaaaaaau lindo demais

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails