segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Chá de Cozinha - Por Onde Começar?

Na última quinta feira, passei o dia inteirinho conversando com uma amiga, que além de estar organizando o próprio chá de cozinha, também está organizando o de outra. E passamos horas falando sobre esse assunto, que envolve tantas coisas, bem menos que o casamento em si lógico, mas não menos importantes e que também tem o poder de deixar a gente bem tensa.
Há pessoas que chamam de chá de panela, outras chamam chá de casa nova e também é conhecido como bridal shower. Os meninos amam o chá bar, porque eles também querem a festinha deles! ;)
O nome na verdade é o que menos importa, já que o que vale realmente é reunir AS AMIGAS e se divertir o máximo que puder e deixar por uns instantes toda a tensão e nervosismo de lado. Escrevi as amigas em caps lock, porque essa é uma ideia fixa que eu tenho de que chá de seja lá o que for tem que ter somente as amigas mais próximas da noiva, sem tia, tio, avô, pai, a mãe pode é claro, e sem crianças, pra que criança em chá de cozinha gente? 
Minha amiga inclusive me disse hoje que um monte de gente já se convidou pro seu chá de cozinha e ela super constrangida calou-se diante de todos os "convites". Comigo não tem essa, e eu até falei que nem rola o mínimo de constrangimento em dizer um não bem sonoro, mas bem educado, é claro, e explicar que a festinha é bem intimista e reservada.
Nesse post tem única e exclusivamente a minha opinião, o que eu penso a respeito, e logicamente não é uma regra, mas vale como uma orientação ok? 
Acho que pra começar precisa-se definir o número de convidadAs, ao meu ver, quanto menos pessoas melhor, claro que a gente não vai fazer uma festinha pra 5 nem 10 meninas, mas também acho que se passar de 50 já é demais, e perde aquele gostinho de Clube da Luluzinha! 
Eu observo bastante que muita gente se bate horrores na hora de fazer suas listas de convidados, e eu tenho uma opinião da qual não arredo o pé de jeito nenhum, penso que os convidados devem ser estritamente aqueles que fazem parte realmente de sua vida e do seu noivo, que não é hora de pensar nas conveniências e nem de prestar contas a ninguém, acredito que não faça o menor sentido convidar a vizinhança inteira, só porque você nasceu e cresceu naquele bairro e sua relação com eles é somente de "bom dia", "boa tarde",  "boa noite", "olá, como vai?", "precisa de ajuda?" e isso, é bem comum no interior.
Até gente que faz parte da família, mas que  não vemos há anos e falar então, nem tem como, não vejo o porque também de incluir na lista! Muita gente se choca com isso, mas é dessa forma que eu penso! Prefiro convidar, servir e receber bem 10 pessoas bem próximas do que me estressar com 100 convidados que nem fazem tanto parte da minha vida, da minha história, somente pra "não ficar mal vista" ou tida como alguém que "não tem consideração pela família"! Isso é muito relativo...
É melhor ter uma estrutura razoavelmente boa pra acomodar, em todos os aspectos que dizem repeito a uma festa, 200 pessoas por exemplo, do que usar a mesma estrutura pra receber 400! 
Existem tantos outros pontos e mil e um detalhes importantíssimos como onde fazer a festa, o que servir, como decorar e como elaborar a lista de presentes, e isso eu vou falando em outros posts, ok? 
O que eu queria mesmo era já dar um pontapé inicial nesse assunto e saber o que vocês acham! Compartilhem suas opiniões e dúvidas comigo, aqui nos comentários, deixem suas sugestões e o que vocês pensam, ok?
Beijos e ótima semana!!!










12 comentários:

  1. Essa parte dos convidados é tensa viu? Mas pensando bem, concordo c vc

    ResponderExcluir
  2. nooossa esse assunto veio acalhar, tô planejando o meu e adorei as dicas.

    http://anitamakingof.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhh que legal! Muita sorte e tranquilidade p vc! kkkkkkk
      Bjs!!!

      Excluir
  3. Que legal!!!! ótimas dicas.

    Minha irmã vai casar. E vai ter um filho. Ela vai fazer um chá de casa e de fraldas. Quer convidar 80 pessoas e servir feijoada. Pediu presentes de 50 reais mais o pacote de fraldas. Eu tô achando tudo muito caro, pois por mais que tenham amigos, não é todo mundo que pode gastar desse jeito. O que vc acha? Ela frisou o horario que é das 11h as 16h. Engraçado que quando fiz o meu, ia fazer uma lista e por nessas lojas que vendem de tudo, e ela foi a primeira a dizer que ninguém ia dar nada, porque é caro. Acredito que tudo o que pedi eu usei e ainda uso. Ela pediu jogo de taça de vinho se nem toma vinho. Tem gente que nao tem noção. Desculpe o desabafo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cassia do céu, onde sua irmã tá c a cabeça??? Quem quer dar festa, dá banquete e não pode determinar a ninguém o que quer receber de presente, pra não dizer outras coisas, isso é no mínimo deselegante! Talvez se ela n estipulasse dessa forma, até ganhasse bem mais, mas assim desse jeito é capaz de arranjar muita antipatia!!!

      Bjs e volte sempre!!!

      Excluir
  4. Quando organizei meu chá cozinha ou chá de panela como é popularmente aqui em Minas eu convidei pessoas que convivo, vizinhos e o povo da igreja. Pedi coisas simples, que poderia ser comprada em loja de 1,99 mesmo. Somente para ter uma confraternizaçao. E teve muitos convidados que nao me deram o que pedi, preferiram comprar algo melhor. Lembro-me que Para um casal pedi uma bandeja e eles me deram uma forma retangular marinex.

    ResponderExcluir
  5. Milleeeeeeee, adorei! mas vc sabe né? não da pra fazer do jeito que agente quer, eu por exemplo conversando com meu dignissímo sobre o chá, não consegui convencê-lo de fazer só para mulheres, ele não aceitou. Sendo assim, fica difícil, sem contar as pessoas que pegaram a minha lista sem eu dar para assinar e assinaram. O que eu faço? não vai deselegante se eu simplesmente não convidar pro chá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No seu caso n tem mais jeito Rafa!
      Agora é relaxar e curtir!
      Conte comigo!
      Bjs!!!

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails